20 de novembro de 2019

Usina Coruripe obtém R$ 712,7 milhões com emissão de CRA e supera em 42,5% valor mínimo estipulado para a operação

Usina Coruripe obtém R$ 712,7 milhões com emissão de CRA e supera em 42,5% valor mínimo estipulado para a operação


Empresa encerrou, neste mês, sua quarta emissão e captou R$ 212,7 milhões a mais que o valor inicialmente garantido pela XP Investimentos

Na quarta vez que acessou o mercado brasileiro de capitais com a emissão pública de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA), a Usina Coruripe captou R$ 712,7 milhões, valor aproximadamente 42,5% maior que os R$ 500 milhões inicialmente previstos na oferta mínima anunciada no dia 17 de maio. A operação, conduzida pela XP Investimentos, foi concluída no dia 13 de novembro e tem prazo de amortização de seis anos.

Essa foi a primeira emissão de CRA feita pela Coruripe com distribuição continuada na plataforma da XP para investidores qualificados, que teve também demanda expressiva por parte dos investidores institucionais. “Os resultados foram positivamente surpreendentes, apesar das evoluções recentes no mercado de crédito no Brasil, demostrando a confiança dos investidores no desempenho e perspectivas de crescimento da nossa empresa. De fato, estamos colhendo neste ano uma safra recorde, acompanhada de maior rentabilidade”, afirma o presidente da Usina Coruripe, Mario Lorencatto.

O bom desempenho da Usina Coruripe, que é uma das maiores empresas do setor sucroenergético brasileiro, é confirmado pelos números divulgados pela companhia neste ano. Nos seis primeiros meses da safra atual (abril a setembro de 2019), a empresa atingiu a marca de 9,78 milhões de toneladas de cana-de-açúcar processadas nas usinas localizadas em Iturama, Campo Florido, Carneirinho e Limeira do Oeste, em Minas Gerais, e Coruripe, em Alagoas. O resultado é 14,5% superior ao registrado no mesmo período da safra anterior, o que demonstra um ritmo de moagem bastante acelerado, no Sudeste, frente ao orçado para a safra.