LOGÍSTICA

Logística

Açúcar produzido em Coruripe vai para o Porto de Maceió

Para otimizar seus custos e métodos administrativos, o Grupo Tércio Wanderley planejou a localização das suas unidades de forma a criar polos de produção, que fabricam 20 milhões de sacos de açúcar e 500 milhões de litros de álcool, além de possuírem infraestrutura para estocar 10,4 milhões de sacos de açúcar e 203 milhões de litros de álcool. Ao todo existem três polos, são eles:

Alagoas
O polo de Alagoas conta com a Unidade Coruripe, que tem capacidade para moer 3,5 milhões de toneladas de cana. Toda sua produção é escoada por meio do Porto de Maceió, localizado a apenas 120 Km da usina e onde se encontra um moderno terminal açucareiro, no qual a Coruripe tem participação societária. A Coruripe Matriz está implantando um novo projeto de irrigação, que acrescentará 45 milhões de m³ de água à lavoura, podendo aumentar a sua produção agrícola em até 800 mil toneladas de cana.

Iturama
A moagem atual desse polo é de 6 milhões de toneladas de cana e engloba as unidades Iturama, Limeira do Oeste, Carneirinho e o terminal de Fernandópolis, que permite o escoamento dessa produção, por via férrea, com eficiência e competitividade, até o Porto de Santos. Estas unidades estão distantes entre si aproximadamente 70 Km. Para o crescimento deste pólo, existem estudos avançados para a ampliação das unidades já existentes e a implantação de mais duas usinas, o que elevará sua produção para mais de 18 milhões de toneladas de cana.

Campo Florido
O polo de Campo Florido fica a 230 Km de Iturama e conta com a Unidade Campo Florido, que mói 3,7 milhões de toneladas de cana. Essa produção deverá crescer, em virtude da sua futura ampliação e da implantação de uma nova unidade no município do Prata. Esses projetos já se encontram concluídos. Com isso, este polo passará a moer 7,5 milhões de toneladas de cana. Essa produção também será escoada por meio de via férrea até o Porto de Santos.